Covardemente, o prefeito Tiago Venâncio pagou o retroativo só de janeiro aos Professores

Quando se fala de “Governo do Progresso” em Ponto Novo, professor já teme pelo pior.
Primeira gestão do “Governo do Progresso” – servidores ficaram sem receber os três últimos meses de salário;
Segunda gestão do “Governo do Progresso” – anulação de concurso e demissão de servidores;
Terceira gestão do “Governo do Progresso” – criação do IPPN com o rombo de mais 1 milhão e meio de reais;
Na Gestão o “Progresso está de volta” – primeira vez na história que o terço de férias saiu apenas em fevereiro, depois de muitas queixas dos servidores; primeira vez na história que reajuste dado aos professores só saiu no mês de maio, quando a data-base é janeiro, e, pasmem… covardemente, o prefeito Tiago Venâncio pagou o retroativo só de janeiro, depois de dar apenas 2,5% de aumento aos professores, quando deveria ter dado 6,81% de reajuste salarial à categoria. Aguardem os próximos capítulos, pois o histórico do “Governo do Progresso” é um terror para o servidor Municipal.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

%d blogueiros gostam disto: