PONTO NOVO: CONSELHEIRAS TUTELARES SÃO PERSEGUIDAS PELO PREFEITO E PODEM NÃO CONCORRER A NOVO MANDATO.

As conselheiras tutelares Claudia Cristina Bitencourt Amado e Silmara Gama, relataram que vêm sofrendo perseguição política, por parte do prefeito e seus funcionários.

Um dos funcionários da prefeitura que também é concorrente do pleito ao conselho tutelar, Senhor Josenilton (Neném) usando o seu horário de “trabalho” perseguiu e nos filmou conversando com um amigo. Dessa filmagem fizeram uma denúncia alegando que estávamos pedindo voto com o carro do conselho, sendo que o vídeo não mostra em momento algum a gente dando santinhos ou pedindo votos. E ao investigar a vida do senhor Josenilton, percebemos que o mesmo recebe um salario mínimo na prefeitura mais uma gratificação de 200 reais, porém não tem nenhum posto de trabalho, ou seja é mais um funcionário fantasma, usado pelo prefeito para nos perseguir visando a política eleitoral de 2020. Disseram as Conselheiras Claudia e Mara.

O Conselho Municipal dos Direitos da Criança e Adolescente da cidade de Ponto Novo, em reunião no dia de hoje (18) usando a força política dos cabos eleitorais do prefeito e funcionários desabilitou as candidatas Claudia Cristina Bitencourt Amado e Silmara Gama de Santana do processo de escolha para o Conselho Tutelar no município.

Agora cabe recurso na justiça comum e na promotoria pública.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

%d blogueiros gostam disto: