PONTO NOVO: PREFEITO PERSEGUE FUNCIONÁRIO PÚBLICO.

Mais um caso de perseguição à funcionário na cidade de Ponto Novo, já não é mais nenhuma novidade, as gestões Venancio são conhecidas exatamente por essa prática asquerosa e covarde, onde quem votou contra sabe que vai ser perseguido.

Apuramos que o servidor público Gilson, está sendo perseguido por não ter votado no atual prefeito, como forma de punição o mesmo foi enviado para a garagem da prefeitura, e encontra-se cumprindo horário de serviço, sem trabalhar, sofrendo humilhações diariamente. Enquanto no hospital encontram se vários motoristas contratados, sem concurso ou processo seletivo.

A alegação da administração para o seu afastamento, é que o mesmo foi responsável por algumas multas de transito. Porém o Sr. Gilson diz que é impossível não levar multa, pois trabalha na emergência do hospital e as ambulâncias saem sem parteira e sem enfermeiros, obrigado os motoristas a correrem mais do que devem para tentar salvar a vida dos pacientes transportados. O motorista disse ainda, que existem motoristas com mais multas e que estão trabalhando, isso se dá, por conta do voto, votou neles não tem punição. Em 2004 o Pai do atual prefeito já havia perseguido o mesmo funcionário, que voltou aos serviços através de ação judicial.

Outros motoristas reclamam de perseguição no ambiente de trabalho, descontos indevidos nos salários e salários defasados. Muitos já entraram na justiça e aguardam o resultado.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

%d blogueiros gostam disto: