PONTO NOVO: PREFEITO TIAGO VENÂNCIO E VEREADOR JÚNIOR DO ROQUE PODEM SER PRESOS POR TENTAREM PRODUZIR PROVAS FALSAS

Após o carro, conduzido pelo médico e candidato a prefeito do município de Ponto Novo, Dr. Thiago Gilleno, ter sido alvejado por vários tiros, no último sábado, 7 de novembro, uma investigação foi iniciada. No dia de ontem, quarta-feira, 11 de novembro, um fato novo ocorreu, tornando o caso ainda mais complexo e misterioso.

Segundo o denunciante (CELSO), o vereador Júnior do Roque o teria procurado, em nome do prefeito TIAGO VENÂNCIO, para oferecer uma boa quantia de dinheiro para que o mesmo gravasse um vídeo, dizendo que o ocorrido na noite de sábado já havia sido planejado há muito tempo (Celso apresentou os diálogos em áudios). Nos trechos das gravações apresentados, Júnior do Roque refere-se ao prefeito como chefe e garante que Tiago Venâncio estava pronto para pagar pelo falso testemunho de Celso. O vereador usa as expressões: “… é toma lá, dá cá”, “… é pá, pufo”.

Resta agora, aguardar o delegado responsável pelas investigações intimar os envolvidos para apresentar seus celulares para serem periciados para comprovação dos diálogos e, até, prender os citados por tentativa de atrapalhar as investigações e produção de falsas provas.

Num vídeo gravado, ainda na noite desta quarta-feira, 11, prefeito, acompanhado de seu advogado gravou vídeo para tentar se defender das acusações, falando de laudos da polícia civil. O mesmo só não disse se o vereador Júnior do Roque intermediou a conversa com Celso em seu nome e se os celulares de ambos serão periciados.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

%d blogueiros gostam disto: